sábado, Março 07, 2009

Estação do ARM Project já está a ser instalada na Graciosa

A Ilha Graciosa é um dos três locais do Mundo escolhidos para instalação de estação do ARM Project. A sua instalação decorre na zona do aeroporto, no Barro Vermelho, tratando-se de uma estação climatológica internacional para o estudo do clima, integrada no Projecto ARM. A iniciativa enquadra-se no Programa Atmospheric Radiation Measurement (ARM), implementado pelo Departamento de Energia dos Estados Unidos da América em 1990 com o objectivo de estudar o impacto das radiações e das nuvens nos modelos climáticos. O ARM inclui uma componente essencialmente dirigida para a investigação e outra para a área das infra-estruturas permitindo a obtenção de dados e o acesso a tecnologias de grande interesse para a comunidade científica especializada na concepção e desenvolvimento de modelos climáticos às escalas global e regional. Eduardo Brito, professor da Universidade dos Açores em Angra do Heroísmo, afirma que os Açores e particularmente a ilha Graciosa são, pela sua localização no meio do Atlântico, um lugar privilegiado para determinados tipos de observações, nomeadamente climáticas. Os parceiros científicos a considerar neste projecto, que conta com a colaboração de inúmeras instituições internacionais, são a Universidade dos Açores, através do Centro de Climatologia, Meteorologia e Mudanças Globais e o Instituto de Meteorologia. Segundo nos informou, a estação estará na Graciosa durante dois anos, tempo em que permanecerão na ilha 2 técnicos. Os equipamentos já começaram a chegar à ilha para serem montados, devendo começar em Abril a actividade desta estação. A ilha Graciosa foi escolhida por ser a mais plana de todas as ilhas dos Açores, sendo por isso ideal para a colocação deste tipo de estações, que necessitam de um espaço o mais livre possível geograficamente. A partir de Abril dados sobre a atmosfera no meio do Atlântico são transmitidos para todo o Mundo, ficando assim aberta uma porta internacional para um conjunto de acções até nunca realizados e que vão levar ao melhoramento dos modelos de previsão do estado do tempo. A colocação desta estação de observação climática na Graciosa segue-se à decisão da instalação, também nesta ilha, da estação internacional do CTBTO, destinada a monitorizar a realização de ensaios nucleares. Equipamentos científicos que conferem à Ilha Graciosa um dos lugares extraordinária importância cientifica a nível mundial.

(In Jornal da Rádio Graciosa)

Etiquetas: , , , , ,